Book Review: The Furies by Corey Croft

Este é um livro que tem tudo; amizade, amor, violência e drogas. As Fúrias por Corey Croft segue a história de um grupo de amigos Fury. No último ano do ensino médio, eles se deparam com uma série de decisões difíceis. É sobre eles fazerem apenas mais um ano; trata-se de descobrir o que vem a seguir quando mundos de possibilidades se abrem na frente deles. Ou eles? Mas acima de tudo, é uma história sobre diferentes maneiras de chegar a um acordo consigo mesmo.

Situado em meio ao boom das drogas dos anos 90, a narrativa encapsula fielmente o espírito da época. A trama esbanja referências culturais específicas daquele período que leva o leitor a uma lúdica viagem no tempo. A cidade de Fury é onde tudo acontece. É uma cidade, não diferente de qualquer outra, onde a divisão social e racial enche o ar. E o cheiro de maconha também. Corey Croft leva você além de um layout perfeito da vida de classe média que o leva por alguns becos escuros e mostra o que se esconde atrás de portas fechadas. As Fúrias é tudo sobre formas de luta e adaptação ao que a vida joga em você. E os furions com certeza sabem como dar um soco. Mas há também um lado mais suave em sua natureza selvagem – uma ingenuidade infantil que permanece na adolescência.

Um colorido elenco de personagens dá vida à cidade no centro da qual está o trio de Cava, Sally e Luc com um C e em torno deles uma onda flutuante de personagens que garantirão uma narrativa dinâmica. Indo além dos estereótipos, Corey Croft faz questão de delinear personagens multidimensionais com histórias de fundo críveis. O romance expõe o campo de batalha entre a perspectiva psicológica e sociológica. Se o indivíduo determina seu próprio destino em detrimento da influência ambiental ou, ao contrário, o social dita o resultado para o indivíduo? É uma questão muito antiga, que não está resolvida em As Fúrias mas é retratado de forma exemplar.

Contudo, As Fúrias é uma peça corajosa polvilhada com alguma ternura e cuidado – cuide de um amigo, membro da família ou amante. Uma coisa é certa, as páginas do livro estão cheias de paixão e sentimentos poderosos em extremos opostos do espectro. O autor consegue a façanha suprema – comover o leitor. É difícil não se juntar ao canto de Corey Croft: FURY! – NÓS!

About admin

Check Also

In Search of the Elusive Third Way

Be the Solution By Michael Strong Foreword by John Mackey Many supporters of Obamacare regard …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *